Por que comemoramos o Dia Internacional das Mulheres?

 

Voce já parou para pensar por que existe este dia?

Este dia existe para nos lembrar da trajetória de luta do movimento feminista ao longo do século XX.

Desde o final do século 19, organizações femininas protestavam em vários países da Europa e nos Estados Unidos, contra as jornadas de trabalho de 15 horas diárias e os salários medíocres. As mulheres reivindicavam melhores condições de trabalho, o fim do trabalho infantil e o direito ao voto.

Separei para você alguns episódios que levaram a criação deste dia.

– O primeiro Dia Nacional da Mulher foi celebrado em maio de 1908 nos Estados Unidos, quando cerca de 1500 mulheres aderiram a uma manifestação em prol da igualdade econômica e política no país.

– No ano seguinte, o Partido Socialista dos EUA oficializou a data como sendo 28 de fevereiro, com um protesto que reuniu mais de 3 mil pessoas no centro de Nova York.

– Um Incêndio em uma fábrica têxtil de Nova York em 25 de março de1911, quando cerca de 130 operárias morreram carbonizadas.

– Mas foi em 8 de março de 1917, quando aproximadamente 90 mil operárias manifestaram-se contra o Czar Nicolau II, as más condições de trabalho, a fome e a participação russa na guerra – em um protesto conhecido como “Pão e Paz” – que a data consagrou-se. No entanto, a data foi oficializada como Dia Internacional da Mulher, apenas em 1921.

– Em 1945 a Organização das Nações Unidas (ONU) assinou o primeiro acordo internacional que afirmava princípios de igualdade entre homens e mulheres. Nos anos 1960, o movimento feminista ganhou corpo, em 1975 comemorou-se oficialmente o Ano Internacional da Mulher e em 1977 o “8 de março” foi reconhecido oficialmente pelas Nações Unidas.

Concluindo esse é um dia para a mulher honrar e reconhecer o esforço, o sangue, a luta e a vida de tantas que vieram antes de nós e que lutaram com tanta bravura para conquistar um mundo melhor para todos.

Hoje é dia de parabenizar essas guerreiras e refletir sobre o que ainda precisamos fazer por um mundo mais justo para as mulheres que virão.

É hora de se perguntar que mundo você quer deixar para sua filha, sobrinha, irmã, prima..

Muita coisa foi feita, mas ainda há muito o que fazer. O primeiro passo é reconhecer esta verdade estampada no corpo e na alma de cada mulher abusada sexualmente, fisicamente e emocionalmente.

Em cada ambiente hostil e desigual de trabalho, onde a mulher ainda ganha menos que um homem que ocupa a mesma função.

Em cada piadas machista, onde somos encaixotadas em esteriótipos que nos enfraquecem.

Somos seres únicos e carregamos dentro de nós uma capacidade extraordinária de resiliência e mudança, merecemos ser olhadas por esta cultura com mais respeito e dignidade.

Lutemos por isso!!

Parabéns mulher do século 21 pela responsabilidade que você tem todos os dias de transformar a mentalidade do seu filho (a), do seu companheiro (a), dos seus pais, parentes e amigos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *