Para encontrara a Mulher Selvagem…

“Para encontrar a Mulher Selvagem, é necessário que as mulheres se voltem para suas vidas instintivas, sua sabedoria mais profunda. Portanto, vamos nos apressar agora e trazer nossas lembranças de volta ao espirito da mulher selvagem. Vamos cantar sua carne de volta aos nossos ossos. Despir quaisquer manto falso que tenhamos recebido. Assumir o manto verdadeiro do poder do conhecimento e do instinto. Invadir os terrenos psíquicos que nos pertenceram um dia. Desfraldar as faixas, preparar a cura.

Voltemos agora, Mulheres Selvagens, a uivar, rir e cantar para aquela que nos ama tanto. A questão é simples, sem nós, a Mulher Selvagem morre. Sem a Mulher Selvagem nós morremos. Para a verdadeira vida ambas tem que existir.” Clarissa Pinkola Estés.

Você baniu o aspecto Selvagem da sua personalidade?

Você amordaçou, engaiolou e o enviou para as sombras, para que as pessoas não descobrissem que você não é tão boazinha?

Solte-a! Você precisa dela. A Mulher Selvagem é parte da sua alegria, vitalidade e criatividade.

Nessa tarefa de integrar o aspecto selvagem da nossa personalidade precisamos fazer algumas perguntas:

Que mantos falsos estou sustentando?
Qual a cura desejo realizar na minha vida?
O quanto estou conectada a minha natureza profunda?

Te convido agora a compartilhar aqui as suas perguntas para nos guiar neste exercício de escavação psíquica em busca do arquétipo da Mulher Selvagem.

mulher e lobo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *