O Despertar Feminino.

Quando estou entre mulheres me sinto realmente em casa. Esse é o meu habitat natural, é na interação feminina que me sinto mais perto da minha alma e do meu propósito de vida.

Acredito que ja chegamos nesse mundo com uma mochila, nela trazemos tudo de importante e verdadeiro que acumulamos de outras jornadas.

Na minha mochila veio um desejo genuíno de estar na companhia de outras mulheres que como eu buscam o sagrado feminino. Sagrado, como algo de valor, algo precioso que nós perdemos. Mais de 2 mil anos de cultura patriarcal acabou por nos afastar da nossa essência feminina, mas que isso nos afastou da consciência da nossa natureza cíclica e geradora de vida.

Estar em um grupo com mulheres enche meu coração de luz e me prova que estamos vivendo um momento precioso na nossa historia, um momento de resgate e reconexão com o ser mulher. Um verdadeiro e lindo despertar para as riquezas e belezas do feminino.

Partilhar historias, musicas, lagrimas e risadas faz parte da essência feminina.

Acredito que existe uma teia que nos conecta, que nos une. Uma espécie de alma feminina, que a Clarissa Pinkola Estés, autora do livro Mulheres que Correm com Lobos chama de Mulher Selvagem.

Toda vez que nos reunimos e deixamos a voz da nossa alma falar… Ela aparece e nos faz sentir totalmente em casa. Totalmente conectadas, vivendo nossa essência.

“A Mulher Selvagem é amiga e mãe de todas que se perderam, de todas que precisam aprender algo, de todas que tem um enigma para resolver, de todas que procuram.” Clarissa Pinkola Estés.

Por isso, quando estamos JUNTAS estamos dando vida a essa força feminina que é indestrutível e inesgotável.

Pensando nisso criei uma pagina no Face sobre o livro Mulheres que Correm com Lobos https://www.facebook.com/Mulheres-que-Correm-com-os-Lobos…/…. Toda semana vou postar frases e trabalhar algum conteúdo do livro, seja por video, texto ou audio. A ideia é conectar as mulheres ao arquétipo da Mulher Selvagem.

Esse é o meu presente de mulher para você!

“Somos um circulo dentro de um circulo, sem começo e sem fim.”
“Somos irmãs de jornada, cantando todas como uma só
Lembrando os antigos caminhos, as mulheres e sua sabedoria.
A cura começou, a cura começou”.

Canção tradicional dos círculos de mulheres norte-americanas.

circulomulher

1 thought on “O Despertar Feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *