Na trilha da Mulher Selvagem.

“As trilhas que todas estamos seguindo são aquelas do arquétipo da Mulher Selvagem, o self instintivo inato.”

Ainda no encalço da mulher selvagem, buscando respostas para a pergunta quem é a Mulher Selvagem?

Compartilho com você a minha resposta:

Quando integrei o aspecto selvagem da minha personalidade me tornei mais livre e mais inteira. Para mim ser selvagem significa ser natural e viver uma vida de verdade com coragem para enxergar a realidade como ela é e não como gostaria que fosse. Pois a verdade nos liberta.

“Para encontrar a Mulher Selvagem é necessário que as mulheres se voltem para suas vidas instintivas, sua sabedoria mais profunda. Portanto, vamos nos apressar agora e trazer nossas lembranças de volta ao espirito da Mulher Selvagem. Vamos cantar sua carne de volta aos nossos ossos. Despir qualquer manto falso que tenhamos recebido. Assumir o manto verdadeiro do poder do conhecimento e do instinto. Invadir os terrenos psíquicos que nos pertenceram um dia. Desfraldar as faixas, preparar a cura. Voltemos agora, mulheres selvagens, a uivar, rir e cantar para aquela que nos ama tanto.” Pag.38.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *