Atená – A Deusa da Sabedoria, Justiça e Estratégia.

No último texto falei sobre a deusa Afrodite, uma Deusa que é tomada pela emoção. Hoje vamos transitar do clima inebriante da paixão para a lucidez; o texto de hoje é dedicado a uma deusa racional, pé no chão. Falo da guerreira Atená.

Essa Deusa, assim como Afrodite, sempre esteve muito forte na minha vida, e sempre é bom ter Atená presente na sua personalidade, pois ela é a deusa da sabedoria, da justiça, da estratégia, da vida urbana, das ciências e da civilização. Ela é a grande conselheira, a deusa protetora dos heróis; muitas vezes quando os heróis estavam em uma situação difícil, eles iam até o templo de Atená para pedir a sua orientação, e eles sempre saíam de lá com o conselho que lhes garantiria a vitória nas suas batalhas.

Ao contrário de Afrodite, Atená foi um arquétipo reprimido por muito tempo nas mulheres devido à predominância dos valores patriarcais, nos quais o homem é o provedor da casa e a mulher deve cuidar das tarefas domésticas e dos filhos, assim restringindo o papel da mulher a mãe, esposa e cuidadora do lar. Felizmente, dos anos 60 até os dias atuais, esse cenário mudou significativamente e temos mais liberdade para escolhermos o que faremos de nossa vida profissional, independente se você deseja ser uma executiva, professora, médica, advogada, comerciante, engenheira, artista, trabalhadora autônoma, dentre outras.

Atualmente no Brasil o percentual de mulheres que se matriculam nas faculdades e concluem cursos de graduação é maior do que o percentual de homens. As mulheres estão cada vez mais qualificadas e adentram o mercado de trabalho com garra, coragem e conhecimento e essas são grandes características da mulher que tem uma Atená presente em sua personalidade.

A Deusa Atená é responsável pela vida intelectual, então a mulher que é regida por Atená é sedenta por conhecimento, vive atrás de um livro, adora o ambiente acadêmico então, provavelmente fará uma pós – graduação, um mestrado, doutorado, isso sem contar com os cursos complementares. O foco dessa mulher é o mental, então ela gosta de atividades que estimulam o seu intelecto, que são desafiadoras, desde assistir um filme cabeça, ler um livro interessante, ter uma conversa daquelas que a gente vira a noite falando sobre a vida, jogar uma partida de xadrez ou se divertir com palavras cruzadas. No que se refere a diversões intelectuais, a mulher Atená nunca se entedia. Por estarem muito focadas na sua vida acadêmica e profissional, algumas mulheres não nutrem o sonho de se casarem ou de ter filhos, porque o que faz o coração bater mais forte é ter a sua independência.

Atená me ensinou muitas lições sábias ao longo da minha vida; pra quem tem uma Afrodite forte sabe como é importante a presença de uma Atená; muitas vezes me senti no meio de um cabo de guerra entre a razão (Atená) e o coração (Afrodite), e bem sabemos que não existe um vencedor, são apenas pontos de vista diferentes. Ás vezes a razão me ajudou a entender o que se passava no meu coração, era só ter um pouquinho de paciência; Atená me salvou de muitos atos impulsivos; ela me mostrou que esperar o momento certo de agir é essencial, e isso não significa abandonar o seu desejo ou não aproveitar o momento, apenas ter o domínio das suas emoções para que você possa escolher a hora certa.

Atená me ensinou que pra todo sonho, projeto ou objetivo, deve-se fazer um planejamento, senão você se perde, porque quando não se determina o passo a passo do que pretende fazer, a tendência é de você querer fazer tudo de uma vez e, no final das contas, acaba exausta, e sem ter feito nada do que queria.

Atená me ensinou que não há nada mais delicioso que a minha independência, e isso vai além das minhas conquistas profissionais e financeiras, mas de saber, em meio a todas as intempéries de nossa sociedade atual, quem eu sou, o que eu quero, quais são meus sonhos, o que me move. Já dizia Caetano Veloso: Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é.

Caso você queira compartilhar suas experiências, impressões, ou mesmo apresentar alguma duvida sobre o texto, fique a vontade. Lembre-se este espaço é seu.  

E se você quiser aprofundar o diálogo sobre Atená , participe do nosso Webinário Ao Vivo. Nessa quarta-feira, 26/04, às 20:30.

Venha Despertar a Atená que existe em você!

Inscreva-se aqui bit.ly/2mw3vT2 

  • Viviani Burke é autora deste texto sobre Atená e minha convidada para falar sobre as Deusas Gregas nesta Roda das Deusas.

Espero que este conteúdo possa ser um  caminho para o seu  autoconhecimento, despertar feminino e relacionamento de amor e confiança em si mesma.

Os caminhos são muitos. Siga seu coração. Ele sempre sabe onde você precisa chegar!

Com amor,

Juliana Carneiro.

*Juliana Carneiro é Coach de Mulheres e idealizadora do blog Caminhos Femininos.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *